terça-feira, 17 de agosto de 2010

Por mim, Liane Abud.


Há um sentimento tão mágico que carrego dentro de mim, ele se chama saudade, uma palavra que aliás nem tem tradução.... é aquela falta de alguém, ou muitos alguéns em nossa vida: Amigos, pessoas, lugares, sorrisos, abraços...

Eu sei que por mais que possa encontrar pessoas em meu caminho, meu coração é enorme e sempre irá carregar todos que encontrei nessa minha caminhada...

O amor é incondicional, e demorei a entender que muitas vezes temos que abrir mão de algumas coisas para que outras possam chegar... Mas não abro mão dos meus sentimentos, do amor que sinto pelos meus amigos, e pessoas q encontro a cada dia...

Afinal fecham-se portas, abrem-se janelas...perdemos algo ali, ganhamos aqui...

Ao invés de ficar triste por isso fico imensamente feliz por Deus ter colocado tantas pedras preciosas no meu caminho, e se de repente eu faço falta por onde passei é exatamente por que TUDO VALEU A PENA!

LIANE ABUD 27/07/10

3 comentários:

Club do Cartoon disse...

Portas e Janelas. Abrimos e, no entanto, nunca fecharemos. Deus te dê sempre as suas duas metades.

João Bosco Maia disse...

Vagando nessas tantas ruas virtuais, encontrei tua porta de amante das Letras aberta - e entrei. Devo anunciar-me como um desses que diz "Oi, de casa! Trago aqui em minhas mãos a chave para dias melhores: escrevo e vendo livros!". Assim, venho te convidar para visitar o meu blog e conhecer as sinopses de meus romances, a forma de adquiri-los e, posteriormente, discuti-los. Três deles estão disponíveis inclusive para serem baixados “de grátis”, em formato PDF.
Um grande abraço literário,

João Bosco Maia

Deborah disse...

Lindo Lia....